Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de São Paulo

SPA amplia atracação de navios e Porto de Santos bate recorde histórico

O Porto de Santos atingiu em outubro recorde histórico operacional ao movimentar 12.788.883 toneladas, superando em 0,3% a melhor marca mensal anterior, de julho deste ano, e em 24,7% o volume escoado em outubro de 2018. Contribuiu para o desempenho inédito, que superou todas as expectativas para o mês, o aumento no número de atracações no período: 46 navios a mais frente igual mês de 2018, alta de 12,1%, totalizando 426 embarcações no período.

Isso só foi possível porque a SPA (Santos Port Authority) empenhou esforços para viabilizar a utilização de berços de atracação nos cais de Saboó e de Outeirinhos, visando incrementar a dinâmica do porto. No caso específico do Saboó, buscou-se uma atualização no zoneamento atual que possibilitou a operação de fertilizantes sem restrições. Com relação a Outeirinhos, uma tratativa entre a Marinha e a SPA permitiu que a seção sob administração da Autoridade Marítima fosse operacionalizada comercialmente pela primeira vez, em 21/10/2019, desde a inauguração daquele cais em 2016. Essas duas iniciativas resultaram em considerável aumento da produtividade, com consequente redução da fila de espera de navios.

“Isso é gestão pura. Trabalhamos com obstinação junto ao Ministério da Infraestrutura, no primeiro caso, e à Marinha, no segundo, para aumentar a utilização dos berços. Com gestão estratégica e interlocução constante com operadores e agentes, aumentamos a produtividade do Porto sem despender recursos adicionais”, afirma o diretor de Operações da SPA, Marcelo Ribeiro.

Como consequência, a média mensal de navios que ficam aguardando na Barra disponibilidade de berços caiu da ordem de 70, no primeiro semestre, para aproximadamente 55 nos últimos meses.

Puxaram as altas os embarques de milho a granel (totalizando 2.212.143 t, +47,8%), soja a granel (759.741t, +107,2%) e farelo de soja (568.293 t, +54,3%).  O aumento de 365.875 t nos desembarques de adubos (762.150 t, +92,3%) também contribuiu significativamente para o resultado histórico.

O desempenho da carga conteinerizada medida em TEU (contêiner padrão de 20 pés) aumentou em 4,9% no mês, totalizando 383.264 TEU.

Também no acumulado dos dez primeiros meses do ano a movimentação cresceu, tendo atingido 112.773.697 t, resultado 1,9% superior ao observado no mesmo período do ano passado.

Influenciaram fortemente a alta no total acumulado as movimentações de embarque de milho (totalizando 13.320.708 t, +59,0%) e de celulose (totalizando 4.035.322 t,+ 7,2%) e as descargas de adubo (totalizando 4.551.053 t, + 38,8%) e de óleo diesel/gasóleo (totalizando 2.050.965 t, +30,8%).

Fonte: Santos Port Authority