29 de abril de 2020

---
Pesquisa aponta estabilidade no volume de cargas no transporte rodoviário

Pesquisa aponta estabilidade no volume de cargas no transporte rodoviário

A  pesquisa,  desenvolvida com empresas de vários tamanhos e segmentos de todo o Brasil ligadas à NTC&Logística e as suas mais de 50 entidades parceiras, com o apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), chegou a sua sexta semana de apuração. Os  dados estão sendo apurados desde o dia 16 de março, e durante todo o período, até o …

Leia mais.

---

SETRANS assina aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho com o Seeasetra

Diante das dificuldades enfrentadas em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid- 19), o SETRANS  e o Seesaetra (sindicato laboral da parte administrativa/escritório) firmaram um Termo Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2019-2020, com validade de 1º de abril até 31 de julho de 2020. Soluções para as empresas enfrentarem a crise atual, entre elas destacamos: · Autorização para as …

Leia mais.

---
MP que prorroga prazo dos planos de mobilidade é aprovada no Senado

MP que prorroga prazo dos planos de mobilidade é aprovada no Senado

Cidades com mais de 250 mil habitantes terão até 2022 para elaborar os planos; as que têm até 250 mil terão prazo até 2023 O Senado aprovou, na segunda-feira (27), a medida provisória n.º 906/19, que prorroga o prazo para municípios elaborarem os Planos de Mobilidade Urbana. O texto, que já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados no dia …

Leia mais.

---

FecomercioSP estima prejuízo de R$ 3,7 bi nas vendas do Dia das Mães

Previsão considera a queda nas vendas devido à quarentenaA Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) estima um prejuízo de R$ 3,7 bilhões no comércio paulista na semana do Dia das Mães. A previsão considera a queda nas vendas devido à quarentena decorrente da pandemia da covid-19, com grande parte dos estabelecimentos comerciais …

Leia mais.

Governo muda exigências para facilitar operações de crédito junto a instituições financeiras públicas

Objetivo é liberar recursos, de forma mais ágil e eficiente, para empresas e pessoas físicas O governo federal suspendeu, até 30 de setembro, uma série de exigências previstas na legislação para contratação de operações de crédito com instituições financeiras públicas (como, por exemplo, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal). A mudança está prevista na medida provisória n.º …

Leia mais.