Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de São Paulo

Saiba quais são as melhores ligações rodoviárias do Brasil

21ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias analisou quase 106 mil km de malha pavimentada.

A Pesquisa CNT de Rodovias analisa, anualmente, toda a extensão da malha rodoviária federal pavimentada e os principais trechos rodoviários nos Estados. O levantamento de dados é realizado em campo e a avaliação é feita com base em três variáveis: pavimento, sinalização e geometria da via.

A 21ª edição, divulgada em novembro do ano passado, pesquisou 105.814 km de rodovias, 2,5% a mais que a edição anterior.

A partir dos resultados, a Confederação Nacional do Transporte identificou, também, quais são as melhores e as piores ligações rodoviárias do Brasil.

Ligação rodoviária é a extensão formada por uma ou mais rodovias federais ou estaduais pavimentadas, com grande importância econômica e volume significativo de veículos de cargas e/ou de passageiros, que interligam territórios de uma ou mais Unidades da Federação.

Conheça as dez melhores ligações rodoviárias do Brasil segundo a 21ª Pesquisa CNT de Rodovias. Todas elas passam por São Paulo e são constituídas de rodovias concessionadas.

1ª: São Paulo (SP) – Limeira (SP): SP-310/BR-364 e SP-348.

 

SP-3482ª: Campinas (SP) – Jacareí (SP): SP-065 e SP-340.

SP-065

3ª: Bauru (SP) – Itirapina (SP): SP-225/BR-369.

SP-225

4ª: São Paulo (SP) – Uberaba (MG): BR-050 e SP-330/BR-050.

SP-330

5ª: Barretos (SP) – Bueno de Andrade (SP): SP-326/BR-364.

SP-326

6ª: São Carlos (SP) – S. João da Boa Vista (SP) – S. José do Rio Pardo (SP): SP-215/BR-267, SP-350 e SP-350/BR-369. 

SP-215

7ª: Ribeirão Preto (SP) – Borborema (SP): SP-330/BR-050 e a SP-333. 

SP-333

8ª: Sorocaba (SP) – Cascata (SP) – Mococa (SP): SP-075, SP-340, SP-342 e SP-344.

SP-340

9ª: São Paulo (SP) – Itaí (SP) – Espírito Santo do Turvo (SP): SP-255 e SP-280/BR-374.

SP-280

10ª: Piracicaba (SP) – Mogi Mirim (SP): SP-147 e SP-147/BR-373.

SP-147

Fonte: Agência CNT de Notícias