25 de junho de 2019

---
Governo quer conceder 16 mil km de rodovias à iniciativa privada

Governo quer conceder 16 mil km de rodovias à iniciativa privada

O governo federal pretende transferir 16 mil quilômetros (km) de rodovias para a iniciativa privada por meio de concessões, disse hoje (24) o ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Em um encontro com empresários no Rio de Janeiro, ele afirmou que praticamente toda a malha viária do estado deve ser concedida à iniciativa privada, incluindo o Arco Metropolitano e …

Leia mais.

SEST SENAT promove segunda semana nacional de atendimento a caminhoneiros

Após o sucesso da primeira semana nacional “Quando eu pego a estrada, quem acelera é o Brasil”, realizada em abril, o SEST SENAT repetirá a dose e promoverá, entre 30 de junho a 5 de julho – em celebração ao Dia do Caminhoneiro – mais uma ação voltada a esses profissionais, em mais de 60 pontos de concentração, como como …

Leia mais.

---

Comunicado sobre as datas de implantação da versão 3.00a

Foi publicada a versão 3.00a do Manual de Orientação do Contribuinte do CT-e/CT-e OS e seus anexos. Esta nova versão prevista para entrar em homologação a partir do dia 22 de Julho de 2019 e em produção a partir do dia 26 de Agosto de 2019, contempla a atualização do schema do CT-e, criação do Evento Comprovante de Entrega dentre …

Leia mais.

Governo prevê concessões em Santos Dumont e Congonhas até 2022

O governo federal pretende conceder à iniciativa privada mais 44 aeroportos da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) até o 2022, o que inclui os aeroportos Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e Congonhas, em São Paulo. A informação foi dada hoje (24) pelo ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que participou de reunião com o Conselho Empresarial do …

Leia mais.

---

OIT conclui que legislação trabalhista brasileira não viola convenção internacional

Comissão de Aplicação de Normas considerou, pelo segundo ano seguido, que dispositivo da negociação coletiva não contraria Convenção 98. A Comissão de Aplicação de Normas da OIT (Organização Internacional do Trabalho) concluiu, no dia 19 de junho, que o Brasil – ao valorizar, na sua Reforma Trabalhista, a negociação coletiva – não violou a Convenção 98, que estimula os países …

Leia mais.