5 de outubro de 2017

10 cursos gratuitos essenciais para não perder dinheiro no transporte

10 cursos gratuitos essenciais para não perder dinheiro no transporte

Saber como precificar o frete, conhecer custos e melhorar a gestão de recursos é importante para alcançar bons resultados financeiros; veja cursos do SEST SENAT que auxiliam transportadores .  Os custos que incidem sobre o serviço de transporte são muitos: combustível, manutenção, pedágio, seguros, tributos, despesas administrativas, entre outros. Para que os gastos não sejam maiores do que o rendimento, …

Leia mais.

---

ANTT publica deliberação sobre a averbação do seguro

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou no Diário Oficial do dia 2 de outubro de 2017 a deliberação nº 325, que trata da averbação do seguro, sendo o preenchimento do campo obrigatório. Caso a seguradora não consiga informar o número da averbação, a Empresa de Transporte Rodoviário de Carga (ETC) poderá colocar o número 99.999, ficando isenta de …

Leia mais.

---

DNIT divulga pesquisa de qualidade das rodovias

Quase 70% das rodovias federais administradas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT apresentam, em 2017,  Bom estado de manutenção. Este é o resultado do levantamento realizado nos mais de 52.000 quilômetros de rodovias federais pavimentadas por meio do Índice de Condição da Manutenção – ICM. Desenvolvido pela equipe técnica do DNIT, o ICM é um importante indicador …

Leia mais.

Câmara dos Deputados aprova o PERT (MP nº 783/17)

O Plenário da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (03/10) a votação da Medida Provisória nº 783/2017, que permite o parcelamento com descontos de dívidas perante a União, tanto de pessoas físicas quanto de pessoas jurídicas. As empresas poderão usar prejuízo fiscal e base negativa da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para pagar os débitos. A matéria será …

Leia mais.

---

Fenabrave revisa projeções para cima

A Fenabrave voltou a revisar para cima suas projeções de vendas de veículos para este ano. Baseada nos resultados obtidos até setembro (leia aqui e aqui), a entidade que reúne os concessionários prevê crescimento maior dos emplacamentos de automóveis e comerciais leves, ao mesmo tempo em que espera por queda menor do que inicialmente previsto para o mercado de caminhões. …

Leia mais.

---
---